A vida acontece na rua

Compartilho com uma das minhas melhores amigas a ideia de que vida é caos. A vida é essa coisa louca que se agita e movimenta e logo está mudando.

Os budistas já sabem disso há milênios: a única constante é a mudança.

Ontem acordei em São Paulo. As dores da despedida continuam, mas ficar em casa remoendo a saudade não me ajudaria em nada. Resolvi sair para caminhar.

No meio do trajeto, estou perambulando distraído (talvez a melhor palavra seria deslumbrado) quando ouço alguém gritar meu nome. Aleatoriamente na Avenida Paulista eu cruzei com dois amigos de Goiânia. Seguimos o trajeto conversando, comparando vivências e tudo o mais.

Em meio à conversa, surge um tópico importante para mim neste momento: estou buscando uma moradia. Pelos acasos da vida, dentro de sete dias haverá uma vaga disponível no apartamento de um destes amigos. Lugar bem localizado, preço dentro do que estou considerando, gente legal… Ainda não fui até lá, não sei se vai rolar ou não etc., mas estou maravilhado com a loucura deste encontro e dessa possibilidade.

Tenho muito medo de criar expectativas com relação a esse possível apartamento, mas é inevitável. São Paulo é um inferno imobiliário, os preços e condições são todos absurdos, contratos anuais, seguros custando três a cinco mil etc.

Lição de vida

Meu amigo que está me oferecendo um teto sempre disse, mesmo quando São Paulo era ainda apenas uma consideração futura: anjo, você vai ver, meu, em São Paulo as coisas acontecem.

Comecei a acreditar.

3 comentários em “A vida acontece na rua

  1. Pingback: A importância de se ter bons amigos - Tales Gubes

  2. Pingback: Acho que tenho um apartamento - Tales Gubes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *