24 livros para escritores que querem escrever melhor

Escritores aprendem escrevendo, mas também aprendem com livros já escritos. Depois de elaborar uma lista com sites para escritores, agora montei uma lista com livros para escritores. Como de costume, não se trata de uma lista exaustiva. Sei de livros que não quis colocar nesta lista porque não os julguei úteis, e com certeza há muitos outros que não listei.

Minhas regras foram simples: destaquei livros em língua portuguesa que podem auxiliar quem deseja se tornar um escritor melhor. Optei apenas por livros impressos, o que deixa de fora meus próprios livros publicados como ebooks na Amazon. Qualquer um que ver a lista perceberá que deixei de fora livros de literatura; fiz isso porque estou interessado em livros direcionados a compartilhar técnicas e noções, em vez de livros que possam ser digeridos e apropriados – esses são tantos e já há tantas listas que nem valeria a pena me dedicar a reuni-los.

Os livros que seguem estão em ordem alfabética por título.

A arte da ficção

A arte da ficção (David Lodge). Este livrinho apresenta 50 temas pertinentes à ficção, desde o começo de uma história até o seu final. Para cada tópico, Lodge traz exemplos e os comenta, criando uma rica experiência de descoberta para o leitor.

A arte de escrever

A arte de escrever (Arthur Schopenhauer). O debochado Schopenhauer escreve suas ideias sobre a prática da escrita e não hesita em atacar os acadêmicos, dizendo inclusive que quem muito lê, pouco pensa por conta própria. Ele tem razão e trago este conselho para os escritores: ler não basta, é preciso também escrever.

A jornada do escritor

A jornada do escritor (Christopher Vogler). Recomendo este livro para quem quiser compreender como funciona a Jornada do Herói, a estrutura mítica básica analisada pelo mitólogo Joseph Campbell. Ainda que se concentre no cinema, as informações deste livro sobre as etapas da jornada e os arquétipos dos personagens são bastante esclarecedoras.

A personagem de ficção

A personagem de ficção (Antonio Candido, Anatol Resenfeld, Décio de Almeia Prado e Paulo Emílio Salles Gomes). Este é um livro de cunho acadêmico que se propõe a discutir os personagens tanto na literatura quanto no cinema e no teatro, fornecendo boas questões para refletirmos sobre a importância deles e como eles se apresentam aos leitores.

Cartas a um jovem poeta

Cartas a um jovem poeta (Rainer Maria Rilke). O poeta Rilke escreve cartas a um jovem que lhe pediu conselhos sobre a arte de escrever. Há muito tenho ouvido deste livro e recentemente tive oportunidade de ler algumas passagens. Ainda que curto, cada trecho parece trazer uma lição nova para quem deseja empreender o ofício da escrita.

Como contar um conto

Como contar um conto (Gabriel Garcia Marquez). Neste livro, que nasceu a partir de um curso ministrado pelo escritor, Garcia Marquez traz sua experiência com criação literária para informar o leitor com caminhos e possibilidades poéticas para a escrita.

Como narrar uma história

Como escrever diálogos; Como narrar uma história (Silvia Adela Kohan). Dois em um: os livros de Kohan são pequenos manuais para resolver problemas específicos na escrita. No caso destes dois, ela ensina a tratar os diálogos, essa arte difícil, e também a organizar a narrativa de uma história, algo que muitos escritores iniciantes têm dificuldade para fazer.

Como funciona a ficção

Como funciona a ficção (James Wood). Cuidado: este livro delicioso não é para iniciantes. Depois que tu já tiver alguma escrita na gaveta, aí sim conquistará o direito de se envolver com o modo como Wood apresenta o funcionamento da narrativa com considerações profundas e enriquecedoras. (Piadinha: pode te jogar nele desde agora, mas me promete que voltará nele no futuro!)

Como melhorar um texto literário

Como melhorar um texto literário (Lola Sabarich e Felipe Dintel). Assim como os livros de Kohan, este livrinho é uma espécie de manual para atacar problemas clássicos da escrita iniciante. Vale muito a pena porque oferece dicas práticas de técnica de escrita, algo raro nesta lista.

Escrevendo com a alma

Escrevendo com a alma (Nathalie Goldberg). Este é um dos livros que me inspiraram a desenvolver a filosofia do Ninho de Escritores. Preciso dizer mais alguma coisa além de “corra lá e compre!”?

O textu nu

O textu nu (Zemaria Pinto). Se tu é como eu e não tem formação teórica na área da literatura, este livro pode te ajudar a conhecer os conceitos básicos do campo. Por meio dele, passei a entender os muitos gêneros literários e as noções apresentadas por Aristóteles há mais de dois milênios.

O zen e a arte da escrita

O zen e a arte da escrita (Ray Bradbury). Em tom autobiográfico, Bradbury apresenta o modo como entende a prática da escrita, rendendo reflexões que a aproximam da meditação zen. É uma leitura boa para quem busca um olhar filosófico sobre escrever.

Oficina de escritores

Oficina de escritores (Stephen Koch). Se precisar de uma indicação de qual livro ler primeiro, comece por este. Koch derrama sua experiência como professor de escrita criativa num livro fácil de compreender e cheio de dicas úteis, desde o processo de escrever até como pensar sobre o texto já escrito.

Palavra por palavra

Palavra por palavra (Anne Lamott). Junto com Escrevendo com a alma, este livro me ajudou a compor a base do que é hoje o Ninho de Escritores. Com calma e carinho, a escritora nos apresenta o ofício da escrita e oferece caminhos para crescermos.

Para ler como um escritor

Para ler como um escritor (Francine Prose). Se escrever muito é a base da formação de qualquer escritor, ler muito é o segundo mandamento. Contudo, como não basta ler de qualquer jeito, recomendo este livro para começarmos a compreender as sutilezas do sentido de cada palavra, frase e parágrafo.

Para ler literatura como um professor

Para ler literatura como um professor (Thomas Foster). Este livro ajuda a compreender o que está por trás das palavras. Escrever é contar duas histórias, uma explícita e outra implícita. Logo, leia este livro.

Para ser escritor

Para ser escritor (Charler Kiefer). Esta coleção de crônicas sobre escrever e ser escritor parece ter o propósito de desencorajar iniciantes. Isso não é feito por maldade, mas sim por evidenciar as dificuldades do caminho da escrita, dificuldades que terão que ser enfrentadas por qualquer um que se lance nesta vida. Leia para estar ciente.

Roteiro de cinema e televisão

Roteiro de cinema e televisão (Flavio de Campos). Este é um livro voltado para o cinema, mas que é muito bom em oferecer as bases para a construção de narrativas também na literatura, uma vez que os conceitos são intercambiáveis. Aprendi bastante com esta leitura mesmo depois de um ano de Ninho de Escritores (prova de que tenho ainda muito para aprender nessa vida).

Seis propostas para o próximo milênio

Seis propostas para o próximo milênio (Ítalo Calvino).  Este livro reúne as palestras de Ítalo Calvino sobre como ele imaginava que a escrita deveria ser feita. Embora só tenha completado cinco das seis propostas, é uma leitura rica para todos que buscam aprimorar o ofício.

Capa Sobre a escrita.indd

Sobre a escrita (Stephen King). Um dos caras que mais produz e mais ganha dinheiro com a escrita resolve escrever suas memórias e pensar sobre seu processo criativo. Preciso mesmo dizer que é uma leitura obrigatória?

Story

Story (Robert McKee). Este livro é a base para quem estuda roteiro de cinema. Suas dicas são poderosas também para quem faz literatura – mas confesso que tenho dificuldade em gostar dele, muito provavelmente pela maneira pedante de se apresentar aos leitores.

Vencendo o desafio de escrever um romance

Vencendo o desafio de escrever um romance (Ryoki Inoue). O escritor está no Livro dos Recordes como escritor mais prolífico do mundo e escreveu este livro paar compartilhar o que sabe sobre escrever um romance do início ao fim. No mínimo, é uma leitura divertida.

Viver & Escrever

Viver & escrever (Edla van Steen). Esta série de livros traz entrevistas com escritores brasileiros famosos, que falam sobre seus gostos, suas histórias e seus métodos. Acho sempre importante conhecer sobre a vida daqueles que enfrentam os mesmos desafios que nós, então aqui temos um bom material de estudo.

 

Caso tu saiba de outros livros para escritores que não esteja aqui, não deixe de me avisar para que eu possa acrescentá-lo. Meu interesse com este artigo é oferecer caminhos para quem deseja se desenvolver na escrita. Inclusive, o site Livreiro Nômade tem outros títulos em sua lista, alguns dos quais ainda não havia ouvido falar – e que já estou correndo atrás de ler.

11 comentários em “24 livros para escritores que querem escrever melhor

  1. Pingback: 23 sites para escritores que você precisa conhecer - Tales Gubes

  2. Adorei o artigo, sobretudo pelas dicas. Gosto muito do livro “A tarde de um escritor” do Peter Handke. Ele me ajudou muito a pensar sobre a relação entre o caminhar e o escrever. Acabou de ser lançado pela Civilização Brasileira o livro com as aulas de Júlio Cortázar, em Berkeley. Ensaios mais que instigantes sobre o processo de escrita!

  3. Muito obrigada pelas dicas de leitura. Estava precisando aumentar o meu estoque literário sobre como escrever. um forte abraço.

  4. Ótima lista! Já li uns três. Particularmente o que mais gostei foi Sobre A Escrita, do Stephen. É como se estivéssemos conversando com ele, de tão natural kkk Posso sentir o que ele diz, assim como em O Zen e a Arte Da Escrita (pra mim, foi dificil acompanhar o ritmo do Ray!).
    De todo, vou procurar ler o máximo possivel para cair na literatura de vez! Obrigada.

  5. Adorei seu site e o post! Você está de parabéns! Suas dicas me ajudaram muito! Como dica, posso indicar também o livro do Doc Comparato (fala sobre roteiros) e o livro “Os segredos dos roteiros da Disney”.
    Abraços.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *