Eu posso ajudar você a escrever

Eu mantenho uma escola chamada Ninho de Escritores. Dentro do Ninho, minha missão é ajudar as pessoas a desenvolverem as habilidades necessárias para escrever. 

Hoje lancei o novo projeto do Ninho de Escritores: o Programa Quero Escrever, um acompanhamento personalizado para apoiar quem deseja criar o hábito de escrever.

Em princípio seria apenas um curso por e-mail com as dicas e informações que as pessoas precisam para criar o hábito. Mas aí lembrei que tudo isso já existe na internet, espalhado aqui e ali, portanto a eficiência do processo seria pequena.

Resolvi que esse curso por e-mail teria interações comigo. Para receber a aula seguinte, a pessoa precisaria me encaminhar o exercício da aula anterior. No mínimo, isso garantiria que a pessoa fizesse as tarefas e, portanto, vivenciasse algum processo de reflexão. Ainda assim, não era o suficiente.

Eu estudo língua japonesa e recentemente comecei a fazer Kumon, aquele curso quase individual em que a pessoa estuda por conta, mas duas vezes por semana mostra seu progresso para um orientador. Nesse momento eu entendi o que poderia oferecer para as pessoas que não encontram tempo ou que têm dificuldade em desenvolver a disciplina para escrever: eu poderia oferecer o meu apoio direto.

É isso que o Programa Quero Escrever oferece: contato direto comigo para acompanhar, incentivar e cobrar a sua produção.

Agora eu posso dizer com orgulho e certeza que o Ninho de Escritores cuida de todos os principais problemas enfrentados por quem escreve.


Also published on Medium.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *